Inclusão Digital e Software Livre

Recentemente um amigo perguntou se eu conhecia alguns projetos de inclusão digital que preferencialmente utilizem o software livre como ferramenta.
Apesar de muitas empresas de software proprietários doarem softwares para as entidades com essas iniciativas. O processo é extremamente burocrático, com formulários que devem ser preenchidos em inglês e com centenas de números de documentos. Pode parecer simples para quem é da área de TI, mas para os grupos de moradores que querem apenas acessar a internet e ensinar como fazer um currículo, não é!
Neste ponto há um grande diferencial que favorece a utilização do software livre que são suas liberdades básicas.

Abaixo comento as  4 liberdades do software livre. Façam suas conclusões:

  1. A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito;Isso que dizer que você pode instalar e usar, nos laboratórios, no escritório, na empresa, em casa ou onde quiser, seja para inclusão digital ou não.
  2. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades.Para os professores que dizer maior flexibilidade.
  3. A liberdade de redistribuir, inclusive vender, cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo;Em outras palavras você pode copiar, vendar, para qualquer um que tenha interesse. Sem estar cometendo infrações de direitos autorais.
  4. A liberdade de modificar o programa, e liberar estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie; Esta liberdade nem precisa comentar nada.

Você pode começar a utilizar de software livre agora, simplesmente fazendo o download

Br-Office – http://www.broffice.org/ – Ferramenta de escritório, que permite criar, documentos, apresentações e muito mais. 😀
Firefox – http://br.mozdev.org/ – Navegar na internet com segurança.
Ubuntu – http://www.ubuntu-br.org/ – Você pode testar partir do CD.
Joomla – http://www.joomla.org/ – Crie o site da sua entidade de forma fácil e rápida.

E para responder a pergunta do  meu amigo sobre os projetos de inclusão digital que eu conhecia. Indico o Observatório Nacional de Inclusão Digital, o endereço é este http://www.onid.org.br.  Vale
à pena conferir e descobrir as entidades que utiliza software livre.

Então é isso até +

Revisão:

http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=99&rv=Gramatica